Multidisciplinar
Útero
Hamlet L´Ange du Bizarre
img not load

"A imagem de pessoas que se libertam das suas amarras (sociais e psicológicas), na procura de um novo sentido para si no mundo, foi o que nos pareceu estarmos a perseguir nesta nossa nova criação, e sempre, no caminho de 25 anos do Útero que se celebram este ano.

Procurámos esse lugar singular (no Útero) que aliamos a um autor, que caminha livre na procura de si. Neste caso, semelhante a Hamlet.

Isoladas sobre si, as pessoas caminham sozinhas, numa ilusão de pertencer a um todo que felizmente nunca conhecerão na totalidade. O que faz as pessoas caminharem sozinhas a questionar o seu sentido no mundo? Nesse sentido há sempre um lugar de proximidade com um peregrino. Que com fé persegue o seu sentido e centro num mundo que desconhece.

No título que acrescentámos à peça também podemos descortinar os legados que se multiplicam em muitos sentidos  - L´Ange du Bizzarre  é o título de um livro de Edgar Alan Poe e de uma exposição que vimos em Paris que muito influenciou a nossa peça “Pântano”..

No mundo contemporâneo, tudo ganha novos sentidos, a cada novo dia. Vindo de estilhaços do que vamos vivendo e pelos lugares que vamos passando.

Descobrimos que o planeta embora geograficamente finito, terá sempre novos lugares que nunca vamos compreender totalmente e por isso iremos procurar sempre novos sentidos.

“Hamlet” será sempre uma obra literária que iluminará os nossos dias mais sombrios, onde sem destino, procuraremos descobrir o que nos faz estar aqui, amarrados ao espanto da vida."

                                                                                                           

                                                                                                                       Útero

"Hamlet ´L´Ange du Bizarre", de Miguel Moreira a partir de um texto de William Shakespeare

 

Cocriação:Ana Silva, Maria Fonseca e ShadowMan

Acompanhamento artístico: Pedro Paiva e ShadowMan

Música Original:Pedro Carneiro

Participação:Ricardo Toscano

Luzes/espaço Cénico e Vídeo: Jorge Rosado e João Pedro Fonseca

Tradução: Bruna Beber

Montagem: André Teixeira

Sweater´s: David Zambrano

Fotografia: Bruno Simão, Helena Gonçalves, Paulo Pimenta

 

Uma produção Útero em coprodução com Centro Cultural Vila Flor, Cine Teatro Avenida,  FIAR, Teatro Aveirense, Teatro Cine de Torres Vedras, Theatro Circo, Teatro Louletano, Teatro Nacional São João

 

A Útero é uma estrutura apoiada pelo Governo Português – Direção Geral das Artes.

 

Crédito fotográfico: Paulo Pimenta

grupo:

Última atualização: 06.09.2022

14 outubro sex, 21h30 | M/16 Teatro-Cine de Torres Vedras

Preço 5

Lotação 390

img not load

Última atualização: 06.09.2022